Por ser um local de pequenas propriedades, a Borgonha produz pouca quantidade de tintos e brancos, porém, as vezes extraordinários…

Os vinhedos da Borgonha estão localizados em uma faixa estreita desde Chablis até os subúrbios de Lyon. Com os anos, eles foram hierarquizados, começando pelos que produzem os bougognes simples, de solos mais básicos, passando pelos villages, cujos vinhos levam os nomes de muitas comunas e vilas, e chegando aos premiers e grands crus, que produzem os vinhos mais finos e longevos da Borgonha.

Não é fácil entender por que um vinhedo é considerado um grand cru, enquanto seu vizinho é um mero village, mas essas distinções permanecem e estão relacionadas ao terroir. Uma combinação um tanto misteriosa de tipo de solo, microclima, exposição suscetibilidade a geadas, entre inúmeros outros fatores que afetam diretamente o desempenho de cada terreno.

Você ainda não sabe como escolher o vinho certo ou como harmonizar com aquele seu prato preferido? Então que eu quero te contar algo que pode ajudar a você passar para o próximo nível no mundo dos vinhos!

DEIXE UM COMENTÁRIO