As 10 melhores dicas para curtir o vinho sem frescuras

0
1089

Não precisamos de muita coisa para curtir o vinho. Aqui vou listar as 10 melhores dicas para você aproveitar o seu vinho…

1Conheça a loja que você está comprando. Ele trata o vinho de forma séria?

Procure comprar vinhos em locais que possuem instalações mínimas para manter o vinhos em boas condições. Lojas muito quentes, em cidades com temperaturas altas, que não possuem no mínimo um ar condicionado, não deve ser um bom lugar para adquirir suas garrafas.

2Você precisa apenas de um tipo de taça para tomar o seu vinho. Mesmo que seja um espumante.

Você não deve deixar de curtir o seu vinho por não ter a taça adequada. Consuma o vinho como quiser e puder. Taça alta, baixa, larga, estreita, copo, canudo… O importante é você curtir o vinho com outras pessoas. Claro que se puder utilizar taças próprias, elas ajudam na evolução do vinho. Mas isso vamos deixar para os “entendidos”.

3Não existe certo ou errado. Cabe a você avaliar se algo agrada ao seu paladar, e não a opinião do amigo entendido.

Não deixe de provar um vinho porque um amigo entendido ou crítico avaliou mal aquele vinho. Ele pode não agradar outras pessoas mas pode, quem sabe, ser o seu vinho preferido. Portanto prove e avalie o maior número possível de rótulos diferentes.

QUE TAL GANHAR 2 GARRAFAS DE VINHO E AINDA EXPLORAR O MUNDO DO VINHO DE UMA FORMA DIFERENTE? CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.

4Não se deve encher a taça demais. O ideal é no máximo 1/3 do volume, para que você possa girar o vinho, oxigenando a bebida sem perigo de derramar.

Apesar de parecer um pouco de frescura, o ato de girar o vinho na taça, mas esse gesto ajuda na oxigenação do vinho assim como ajuda a extrair os aromas contidos nele. Por isso que não é aconselhável encher demais a taça.

5Use sempre o saca-rolhas para abrir o vinho. Ou as mãos para o caso de garrafas com fechamento screwcap.

Cuidado ao inventar demais ao abrir a garrafa. Um saca-rolhas simples (modelo garçon) para as rolhas tradicionais, ou as mãos para as tampas de rosca são mais que o necessário para curtir o seu vinho.

6Falando em screwcap ou tampa de rosca, os vinhos com esse tipo de fechamento não são inferiores as de rolha de cortiça.

Isso é um fato. As tampas de rosca serão ainda mais frequentes nos próximos anos. Ela preserva perfeitamente o vinho.

7Existem vinhos doces magníficos. Sauternes ou Late Harvest, Colheita Tardia são alguns que você pode procurar e aproveitar.

Escuto muito as pessoas comentarem que vinho doce é para as mulheres. Existem vinhos doces fantásticos, como os Sauternes. Procure também por vinhos Late Harvest ou Colheita tardia.

8Existem vinhos bons em praticamente todas as faixas de preço. Os justos estão entre R$40 e R$150. Acima disso existe o fator marketing.

Não se engane achando que vinho bom é vinho caro. Você vai acabar pagando apenas pelo marketing

9A temperatura é importante. Gelado demais ou quente demais eles perdem características de aromas e sabor.

Assim como a cerveja, o vinho precisa estar na temperatura correta (na verdade pode ser aproximada, não precisa ficar com um termômetro). Vinhos tintos entre 13 e 16 graus, os brancos e rosés entre 7 e 12 graus, e os espumantes entre 5 e 6 graus.

10Para uma harmonização perfeita, busque um vinho com a mesma intensidade do alimento.

A dica infalível a seguir em relação a harmonização é observar o alimento. Para alimentos assados ou grelhados harmonize com vinhos tintos mais encorpados. Alimentos crus ou levemente cozidos, harmonize com vinhos brancos ou tintos leves. Para mais dicas de harmonização clique aqui.